Peelings (ácido salicílico, glicólico e retinóico)

Peelings (ácido salicílico, glicólico e retinóico) 

O peeling com ácido salicílico é indicado principalmente para o controle da atividade da glândula sebácea, indicado para o tratamento da pele oleosa e da acne. É indicado também para o tratamento de manchas superficiais leves. A técnica consiste na promoção da descamação da camada superficial da pele, o que promove a renovação celular. O produto é aplicado com profundidade superficial, mas é considerado um peeling químico de alta concentração.

O peeling de Ácido Glicólico é usado na renovação das camadas superficiais da pele, com a promoção de uma descamação suave e progressiva da derme e epiderme. O objetivo é estimular a formação de colágeno e de fibras da própria pele.

Uma das principais vantagens é não ter restrição quando à exposição ao sol. É indicado para acabar com as manchas solares, sequelas de acne e marcas do fotoenvelhecimento. No corpo, é indicado para o tratamento de estrias recentes e antigas.

Também conhecido como Vitamina A ácida, o ácido retinóico é utilizada na composição de peelings químicos. A técnica consiste na aplicação do ácido sobre a pele para promover a descamação e estimular a produção do colágeno. O resultado é a reorganização das fibras elásticas danificadas pela exposição ao sol e pelo envelhecimento. É indicado para o tratamento de manchas solares, melasmas, manchas pós-acne, sardas escuras e estrias.